Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

Google investe em parque eólico da EDP Renováveis nos Estados Unidos

  • 333

Jose Carlos Carvalho

O grupo EDP cedeu à companhia norte-americana os benefícios fiscais de um novo parque eólico no Estado do Kansas, obtendo, em contrapartida, um encaixe de mais de 200 milhões de euros

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A Google vai investir 240 milhões de dólares, o equivalente a 211 milhões de euros, num parque eólico da EDP Renováveis nos Estados Unidos da América (EUA), revelou a empresa portuguesa de energias limpas em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O acordo entre a EDP Renováveis e uma empresa da Google prevê que o grupo norte-americano assuma um interesse económico no parque Waverly, que terá 199 megawatts (MW) de capacidade instalada, no Estado do Kansas.

O contrato entre as duas partes estipula que a Google pagará, assim que o parque estiver operacional (o que deverá acontecer até ao final do ano), um montante de 240 milhões de dólares à EDP Renováveis para ficar com o direito ao uso dos créditos fiscais concedidos ao empreendimento eólico.

Este tipo de negócio tem sido utilizado pelo grupo EDP e por outras empresas de energias renováveis no mercado norte-americano para antecipar e maximizar receitas nos seus parques eólicos.

“A parceria estabelecida com a Google é a maior estrutura de parceria institucional da EDP Renováveis, considerando os acordos que incluem um único projeto eólico, e permite uma utilização eficiente dos benefícios fiscais gerados pelo projeto, aumentando a rentabilidade e criação de valor do mesmo”, nota a empresa presidida por João Manso Neto no seu comunicado.