Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

OPEP revê em alta a procura mundial de petróleo

  • 333

Crescimento acima do esperado na América e na Europa leva organização a aumentar em 7% a previsão que tinha feito há um mês

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A OPEP - Organização dos Países Exportadores de Petróleo reviu em alta a sua projeção para o crescimento da procura mundial de petróleo. A nova estimativa, que consta do boletim de agosto da OPEP revelado esta terça-feira, eleva em 7% a previsão de crescimento do mercado petrolífero global.

A organização previa no mês passado que o consumo mundial de petróleo em 2015 viria a apresentar um crescimento médio de 1,28 milhões de barris por dia. Agora, no seu relatório de agosto, estima que o crescimento da procura em 2015 ascenda a 1,38 milhões de barris por dia.

A entidade justifica esta revisão em alta com o registo de níveis de consumo acima do previsto para o primeiro semestre no continente americano e na Europa.

Com o crescimento projetado, o planeta deverá alcançar este ano um consumo diário de 92,7 milhões de barris. E para 2016 a OPEP estima que a procura mundial atinja um novo recorde de 94 milhões de barris de petróleo por dia.

Relativamente a julho, a OPEP sublinha no seu relatório mensal que os mercados petrolíferos da bacia do Atlântico continuaram a ser influenciados por uma elevada procura de gasolina nos Estados Unidos da América, elevando as margens associadas à produção deste refinado para os níveis mais altos dos últimos dois anos.

Já na região asiática, nota a OPEP, as margens de refinação recuaram ligeiramente, devido a uma queda da procura de produtos petrolíferos.