Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

EDP Renováveis lucra menos 14% no primeiro semestre

  • 333

A empresa liderada por João Manso Neto ganhou 69,4 milhões de euros até junho, um resultado que poderia ter sido maior não fosse o efeito cambial de desvalorização do euro

A EDP Renováveis lucrou 69,4 milhões de euros no primeiro semestre, menos 14% do que em igual período do ano passado, informou a empresa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A queda no resultado da companhia liderada por João Manso Neto foi influenciada pela deterioração do seu resultado financeiro, que espelhou uma desvalorização do euro em relação ao dólar e também os efeitos de eventos não recorrentes no financiamento de operações da EDP Renováveis em Espanha e na Roménia.

As receitas da empresa entre janeiro e junho somaram 773 milhões de euros, mais 11% do que no período homólogo de 2014. Igual crescimento teve o EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações), que avançou 11%, para 548 milhões de euros.

Embora a produção global da EDP Renováveis tenha recuado 1% no primeiro semestre, o preço médio de venda da energia aumentou 11%.

Durante o primeiro semestre a empresa viu ainda a sua dívida líquida crescer 6%, para 3,47 mil milhões de euros. Um agravamento justificado pela EDP Renováveis com as variações cambiais na primeira metade do ano.