Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

Governo aprova plano de investimento da EDP Distribuição

  • 333

O plano que a empresa do grupo EDP apresentou para investir 517 milhões de euros até 2019 foi validado pela Secretaria de Estado da Energia, segundo a edição desta segunda-feira do “Diário Económico”

O secretário de Estado da Energia, Artur Trindade, já deu o seu aval ao plano de investimento da EDP Distribuição para o período de 2015 a 2019, um plano que já tinha sido avaliado pelo regulador da energia, mas que carecia ainda de “luz verde” do Governo.

O plano de desenvolvimento da EDP Distribuição que agora foi aprovado pelo Governo, segundo o “Diário Económico”, prevê investimentos de 517 milhões de euros na manutenção e melhoria da rede elétrica ao longo dos próximos cinco anos.

Enquanto empresa concessionária regulada, a EDP Distribuição está sujeita à apresentação de planos plurianuais à Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), que emite um parecer sobre os documentos recebidos, mas deixa nas mãos do concedente (o Estado português) a decisão de validar, ou não, os investimentos propostos.

A ERSE já emitiu pareceres particularmente críticos sobre os planos de investimento da REN - Redes Energéticas Nacionais e das concessionárias da distribuição de gás natural (Galp, EDP Gás Distribuição, Tagusgás e Sonorgás), quase sempre sublinhando que os elevados investimentos previstos se traduzirão em encargos acrescidos para os consumidores portugueses.

No caso da EDP Distribuição, o plano que segue até 2019 prevê um corte de 25% no investimento médio anual face ao registado pela empresa nos últimos três anos.

No quadro do plano quinquenal a empresa prevê um maior volume de investimento em 2015 e 2016, que cairá em 2017 e 2018 e voltará a crescer ligeiramente em 2019.