Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

Produção petrolífera da Galp cresceu 5,5% no segundo trimestre

  • 333

A Galp Energia aumentou a produção e refinação de petróleo, mas o negócio de gás natural teve uma quebra face ao primeiro trimestre do ano

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A produção de petróleo da Galp Energia no segundo trimestre atingiu uma média de 40,9 mil barris por dia, mais 5,5% do que no primeiro trimestre do ano, informou a Galp em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). 

Em comparação com o segundo trimestre do ano passado a produção própria da Galp (líquida de impostos e contribuições obrigatórias no âmbito dos contratos de produção) teve um incremento de quase 87%. 

Na área da refinação o volume de matéria-prima processada pela Galp em Sines e Matosinhos aumentou 13,8% no segundo trimestre, alcançando os 29,8 milhões de barris equivalentes de petróleo. Já a venda de produtos petrolíferos teve um crescimento mais ligeiro, de 6,8%, para 4,7 milhões de toneladas. 

O negócio de eletricidade e gás, pelo contrário, teve um desempenho negativo do primeiro para o segundo trimestre, com as vendas totais de gás natural a caírem 14,8%, pressionadas tanto por menores fornecimentos aos clientes diretos da Galp como por uma menor atividade na revenda internacional daquela matéria-prima.  

A Galp irá apresentar os seus resultados financeiros do segundo trimestre no dia 27 de julho.