Siga-nos

Perfil

Economia

Energia

EDP e China Three Gorges negoceiam barragem no Peru

  • 333

Barragem de Alqueva

Rui Ochôa

O primeiro projeto conjunto fora dos mercados em que as duas empresas já operam deverá ser objeto de um contrato de concessão a assinar com o governo peruano ainda este ano

A EDP e a China Three Gorges estão a negociar com o Governo do Peru a construção de uma barragem naquele país sul-americano, devendo o contrato de concessão ser assinado ainda este ano, segundo afirmou o presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP, Eduardo Catroga, à agência Lusa.  

"É uma barragem de média dimensão e o contrato de concessão deverá ser assinado ainda este ano", declarou Eduardo Catroga em Pequim, realçando que este será o primeiro projeto conjunto da EDP e da China Three Gorges fora dos mercados onde ambas as empresas já atuam. 

Além do Brasil, onde as duas empresas já são parceiros em três barragens, uma das quais associadas a uma firma brasileira, a EDP e a Three Gorges estão a olhar para outros países da região. "A prioridade tem sido a América Latina", indicou Eduardo Catroga.

A China Three Gorges é desde o final de 2011 o maior acionista da EDP, tendo adquirido ao Estado português uma participação de 21,35%, por 2,7 mil milhões de euros. Nessa privatização a companhia chinesa comprometeu-se a fazer investimentos adicionais em projetos da EDP, aliviando, assim, os compromissos financeiros do grupo português. 

Entre esses investimentos estão não só as participações em projetos hídricos no Brasil mas também a aquisição de 49% da EDP Renováveis Portugal.