Siga-nos

Perfil

Economia

Dívida

Impasse sobre a Grécia afunda Bolsa de Atenas e provoca subida dos juros da dívida

  • 333

Devido ao provável adiamento no Eurogrupo desta segunda-feira de uma decisão sobre a nova "lista de 7 medidas" do ministro Varoufakis e a eventualidade do governo grego recorrer a um plano B ou C, bolsa cai mais de 4% e juros a 10 anos perto de 10%.

Ao final da manhã desta segunda-feira, o índice geral da Bolsa de Atenas está a recuar 4,2% e as yields das obrigações gregas a 10 anos subiram para 9,94% no mercado secundário da dívida soberana da zona euro.

O Eurogrupo (órgão de reunião dos 19 ministros das Finanças do euro) reúne a partir das 14h30 (hora de Lisboa) em Bruxelas para apreciar a nova lista de 7 medidas enviada pelo ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis. Os analistas inclinam-se para um adiamento na tomada de posição por parte da reunião. O presidente daquele órgão, Jeroen Dijsselbloem, afirmou no fim-de-semana ao jornal holandês "Volkskrant" que a lista "está muito longe de estar completa" e que, de modo algum, tais medidas poderão ser aceites como substituindo a parcela de 30% do memorando anterior da troika que os gregos não aceitam.

Até 13 de março, o Tesouro grego tem de pagar mais uma subtranche ao Fundo Monetário Internacional (FMI) - pagou uma primeira de 310 milhões de euros na sexta-feira passada - e tem dívida de muito curto prazo (Bilhetes do Tesouro) que vence. Até final do mês tem um total de 10 mil milhões de euros em amortizações de dívida obrigacionista e Bilhetes do Tesouro e juros, incluindo o pagamento da tranche do empréstimo do FMI no montante de 1,5 mil milhões de euros, que Atenas resolveu pagar por três vezes. Dijsselbloem não antevê a possibilidade de um adiantamento da tranche do Fundo Europeu ainda este mês.

Em artigo publicado no fim-de-semana no jornal italiano "Il Corriere della Sera", Varoufakis adiantou que "não estamos colados às cadeiras e que podemos avançar para novas eleições, ou um referendo" caso de chegue a um impasse com o Eurogrupo. O jornal sugeriu que o referendo fosse sobre o euro, mas Varoufakis esclareceu, depois, que se trataria de um referendo sobre o conteúdo das reformas e da política orçamental, no fundo, sobre o memorando. O primeiro-ministro Alexis Tsipras deu a entender o mesmo em declaração ao jornal alemão "Der Spiegel". Mais de metade dos gregos acha que há um risco de default e 69,6% querem que o governo alcance um "compromisso honroso", segundo uma sondagem da Marc para o jornal "Efimerida Ton Syntakon", divulgada este fim-de-semana. Tsipras deverá reunir com o diretor-geral da OCDE na 5ª feira e com o presidente da Comissão Europeia no dia seguinte.

O jornal alemão "Handelsblatt" voltou a levantar hoje a questão de um terceiro resgate à Grécia.

O Banco Central Europeu iniciou esta segunda-feira o programa mensal de compra de dívida  pública emitida pelos membros do euro e organizações europeias no mercado secundário. As yields das Obrigações do Tesouro português a 10 anos estão sem alteração em relação ao fecho de sexta-feira e as yields relativas às obrigações espanholas, italianas e irlandesas naquela maturidade de referência estão a descer ligeiramente.