Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Economia chinesa deve crescer 7,5% em 2014

D.R.

A China, que é já a segunda maior economia do mundo, vai crescer de acordo com as previsões, mas deverá abrandar ligeiramente em 2015.

A China anunciou hoje que poderá alcançar os objetivos económicos fixados para 2014, procurando aparentemente contrariar as especulações de que o crescimento ficará muito aquém dos "cerca de 7,5%" preconizado pelo governo.

A previsão é mencionada no comunicado difundido no final da anual Conferência Central sobre a Política Económica, que reuniu durante três dias em Pequim os principais decisores políticos do país.

"A China pode alcançar relativamente bem os objetivos sociais e económicos fixado para 2014 e manter a economia num âmbito razoável", diz-se num comunicado citado pela agencia noticiosa oficial Xinhua.

Segundo o comunicado, a China espera também "manter um firme crescimento" em 2015.

No terceiro trimestre de 2014, o crescimento da economia chinesa abrandou para 7,3%, o valor mais baixo dos últimos cinco anos, ficando a um ponto percentual da média do primeiro semestre.

Para 2015, o FMI prevê um abrandamento ainda maior, para 6,5% a 7%.

A economia chinesa, a segunda maior do mundo, a seguir aos Estados Unidos da América, cresceu em media 9,1% ao ano ao longo do último quarto de século.