Siga-nos

Perfil

Economia

Bolsa e Mercados

Bolsas em leve queda na Europa

  • 333

As bolsas europeias seguem no vermelho mas continuam próximas dos máximos históricos.

As principais bolsas europeias seguem hoje em queda ligeira, com os investidores a aproveitar para realizar algumas mais-valias, numa altura em que as ações a nível mundial se encontram próximas de máximos históricos.

"Hoje está a haver uma correção técnica e uma tomada de mais-valias. A questão da Grécia também não está ultrapassada, o que preocupa. E saíram dados de empresas que também contaminam o sentimento", diz Pedro Oliveira, operador da GoBulling.

O índice PSI-20 seguia a cair 0,53% pct às 10H12, enquanto em Madrid o IBEX recuava 0,82%, o CAC em Paris perdia 0,24%, o DAX em Frankfurt desvalorizava 0,72% e o FTSE em Londres descia 0,2%.

A Diageo, fabricante do whisky Johnnie Walker, do vodka Smirnoff e da cerveja Guiness, anunciou uma descida de 0,7% das suas vendas no seu terceuro trimestre fiscal, terminado no final de março.  Alguns analistas esperavam até uma subida das vendas da empresa.

Quanto aos custos de financiamento dos governos da zona euro, desceram hoje a novos mínimos, segundo a Reuters. É o caso das 'yields' da dívida alemã a 10 anos. As 'yields' das obrigações francesas a 30 anos e das obrigações portuguesas a 2 anos também estão em queda. Isto acontece um dia depois do Banco Central Europeu ter reiterado que vai cumprir o programa de compra de dívida.

Já os juros da dívida espanhola e italiana estão em alta. As perspetivas de vir a ser conseguido um acordo entre a Grécia e zona euro começam a definhar.

O preço do barril de brent atingiu hoje o máximo de 2015 e está a negociar a 62,83 dólares, depois de dados apontarem para uma queda na produção de petróleo nos Estados Unidos.