Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Carros

Mercedes SLK 250 CDI: o desportivo económico

  • 333

A marca alemã inaugura um motor diesel de 204 cavalos no seu pequeno descapotável desportivo

O pequeno descapotável SLK marca a história dos modelos desportivos da Mercedes porque é o primeiro a adotar um motor diesel, económico e potente, sendo, por isso, mais adequado à conjuntura de crise que se vive na Europa.

Trata-se do bloco 250 CDI, de 4 cilindros, com uma potência de 204 cavalos, de alto desempenho e baixo consumo - precisamente um dos motores mais utilizados em vários outros modelos da marca alemã, onde se inclui a carrinha da classe E.

Na versão do SLK com caixa automática de 7 velocidades, este descapotável é vendido no mercado português pelo preço base de 53.250 euros, oferece um desempenho adequado ao seu segmento, pois acelera dos 0 aos 100km/h em 6,7 segundos e atinge uma velocidade máxima de 243 km/h.

Dentro de uma utilização moderada da sua caixa de velocidades consegue manter uma média de consumos entre os 5 e os 7 litros aos 100 km, apesar da Mercedes anunciar consumos ligeiramente mais baixos.

No entanto, no modo de condução desportivo é fácil fazer disparar o seu consumo médio, com acelerações bruscas e velocidades de circulação mais elevadas, que permitem tirar maior prazer da condução do SLK.

O motor diesel colocado neste SLK tem tecnologia da quarta geração da injecção common-rail e recorre a um moderno turbo de dois níveis.

O modelo ensaiado pelo Expresso dispõe de tecto panorâmico em vidro, com um sistema que permite mudar a cor do vidro de transparente para escura. A abertura e fecho do tejadilho é acionada automaticamente.