Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

DST apresenta em Shanghai Torre Turística Transportável

A Torre Turística Transportável (TTT) está vocacionada para o turismo de natureza, sendo instalada em cenários naturais, A DST vai produzir em séria o novo equipamento

Abílio Ferreira (www.expresso.pt)

A menos de um mês da abertura da Exposição Mundial, chega hoje a Shanghai, na China,  a Torre Turística Transportável (TTT) construída pela DST, de Braga. A TTT vai funcionar como segundo pavilhão de Portugal na Expo 2010 e incorpora novos conceitos e tecnologia de concepção portuguesa.

A DST aproveita a "montra" de Shangai para   apresentar a sua TTT ao mundo que se integra  no tema da Exposição :"Better City, Better Life" . A torre, com nove metros de altura e três pisos, acolhe espaços autónomos como quanto, cozinha ou instalações sanitárias e assume-se como um  projecto multifuncional de arquitectura sustentável . Face ao seu reduzido impacto construtivo,  está vocacionada para o turismo de natureza, combinando com cenários naturais sem infra-estruturas, como praias, florestas, vinhas ou campo. 

Produção em série em 2011 

 A  intenção da DST  é iniciar a produção em série da TTT em 2011. O presidente da construtora, José Teixeira, acredita que  a "apreentação da TTT perante 70 milhões de pessoas abrirá seguramente novas oportunidades de negócio".

O modelo que estará em exposição em Shanghai não incorpora, por causa do clima da região, o sistema construtivo Et3- Energetic Modular Technology, desenvolvida pela Universidade do Minho e distinguida com o Prémio BES Inovação 2009 na categoria de energia. O Et3 inova através da união estrutural entre a madeira e o vidro com uma nova tecnologia de colagem  e  através da integração de sistemas solares. A DST investiu no desenvolvimento destes projectos dois milhões de euros.