Siga-nos

Perfil

Economia

Créditos

Euribor sobe, prestações da casa descem

Apesar da média mensal da Euribor ter subido no mês de Abril, quem tem créditos à habitação indexados às Euribor a 6 e 12 meses e vai renovar a prestação com base no mês de Abril, ainda vai abater a mensalidade da casa. Clique para visitar o canal Dinheiro

Nuno Alexandre Silva

Depois das médias mensais da taxa Euribor terem caído desde Dezembro de 2009, Abril trouxe de volta as subidas nos principais indexantes nos créditos à habitação. Nos prazos de 6 e 12 meses, a Euribor média mensal fixou-se nos 0,962% e nos 1,225%, respectivamente, depois de ter ficado nos 0,952% e nos 1,215% em Março deste ano.

Ainda assim, quem vai agora renovar a prestação com a média mensal do mês de Abril (pagará a prestação em Junho), vai ver o custo da casa baixar. Para um empréstimo de 150 mil euros a 30 anos, indexado à Euribor a 6 meses e com um spread de 0,8%, a prestação mensal era até Abril de cerca de 540,8 euros. Agora, com a média de Abril, ficará nos 536,75 euros, diferença menor do que a que vai sentir alguém que renove a prestação com o indexante a 12 meses médio de Abril. Para o mesmo empréstimo de exemplo, o mutuário pagará menos 42 euros, passando de uma mensalidade ao banco de cerca de 598 euros para uma nova, a começar em Junho, a rondar os 556 euros.

No prazo de 3 meses, a Euribor média de Abril manteve o valor de 0,645% registado em Março, depois de 18 meses em queda. No entanto, a renovação da prestação mensal para quem tinha até agora suportado uma mensalidade de pouco mais de 516 euros cairá agora para perto de 514 euros, já que a média da Euribor caiu entre Janeiro de 2010, 0,68%, e Abril, 0,645%.