Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Deutsche Bank condenado a pagar €2,3 mil milhões

  • 333

A coima recorde aplicada ao Deutsche Bank (na imagem as torres gémeas da sede, em Frankfurt) resulta de uma investigação que durou sete anos

FRANK RUMPENHORST/EPA

O maior banco alemão é a oitava instituição financeira a ter de pagar uma coima pelo envolvimento na manipulação da taxa Libor. Terá ainda de despedir sete funcionários. O escândalo abalou a já frágil reputação do sector financeiro.

As autoridades norte-americanas e britânicas condenaram o Deutsche Bank a pagar uma coima de €2,3 mil milhões pelo seu envolvimento na manipulação da taxa Libor.

O maior banco alemão terá ainda de despedir sete funcionários e a sua unidade no Reino Unido declarou-se culpada do crime de fraude.

A coima recorde resulta de uma investigação que durou sete anos e que levou à aplicação de um total de €7,9 mil milhões em coimas às maiores instituições financeiras do mundo, segundo a Reuters.

O DB foi condenado pelo seu papel no esquema de manipulação da London Interbank Offered Rate (Libor) e a Euribor - que servem de referência para produtos finaneiros e empréstimos a nível mundial.