Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Desemprego a subir? Pires de Lima: "Temos de acreditar no futuro"

  • 333

Pires de Lima: "Temos de acreditar no futuro"

Mário Cruz/Lusa

O ministro da Economia reconheceu esta quarta-feira que "nos últimos quatro meses há um aumento da taxa de desemprego", avançando com uma causa possível: a sazonalidade. "Talvez seja natural que nos meses de inverno, no turismo e na agricultura, a população empregada diminua", afirmou Pires de Lima no Parlamento.

Segundo o governante, "nos últimos sete trimestres criaram-se mais de 137 mil postos de trabalho líquidos" e 70.100, em média, nos anos de 2013 e 2014. No ano passado, informou ainda, "foram criados cerca de 90 mil postos de trabalho na área do turismo e da restauração".

Ouvido na comissão de Economia e Obras Públicas, Pires de Lima lembrou que a criação de emprego é "o grande desafio social" que o Governo tem pela frente e que "sem investimento não é possível recuperar o emprego".

Confrontado pela deputada do Bloco de Esquerda, Mariana Mortágua, com a destruição de 241 mil postos de trabalho desde que o atual governo entrou em funções e com a taxa de desemprego real, que segundo o FMI é superior a 20% quando em 2008 era de 9,5%, Pires de Lima voltou a lembrar a criação de 70.100 postos, em média, nos últimos dois anos.

O ministro acredita ainda que, num futuro próximo, a economia portuguesa voltará a criar mais emprego. "Não ficaria surpreendido se no segundo e terceiro trimestre de 2015 voltássemos a registar um aumento da população empregada a níveis superiores aos que foram registados em 2014", disse. "Temos de acreditar no futuro", reamatou.