Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Costa do Alentejo será perfurada até ao início de 2016

  • 333

A Galp prevê que a parceria com a italiana ENI na exploraçao petrolífera da costa alentejana terá o primeiro furo entre o final de 2015 e o início de 2016.

J. F. Palma-Ferreira

Os trabalhos de exploração de petróleo nas águas da costa alentejana que serão efetuados pelo consórcio entre a Galp e a italiana ENI "terão a primeira perfuração entre o quarto trimestre deste ano e o início de 2016", revelou o diretor executivo da Galp para a área de Exploração e Produção, Thore Kistiansen.

Todos os trabalhos de análise dos dados de sísmica a duas e três dimensões na zona Santola-1 estão numa fase muito avançada, pelo que o consórcio que detém a concessão desta zona da costa tem condições para avançar no investimento do primeiro furo, referiu o responsável. A Galp tem uma participação de 30% neste consórcio.

Também na mesma altura deverão efetuar um furo no campo Colorau-3 do bloco 32-CNE em Angola, onde a Galp tem uma participação de 5% no consórcio detentor desta concessão.