Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Contabilista que Salgado culpou dá testemunho chave a 8 de Janeiro

Já é conhecida a próxima ronda de audições na Comissão Parlamentar de Inquérito ao caso BES. Machado da Cruz, que Ricardo Salgado responsabilizou pela ocultação de dívida, é decisivo.

O antigo "comissaire aux comptes", contabilista do Grupo Espírito Santo, Machado da Cruz, considerado uma das figuras centrais do escândalo que levou à ruína do império Espírito Santo, vai ser ouvido pelos deputados da comissão parlamentar de inquérito a 8 de janeiro.

Machado da Cruz era o contabilista da Espírito Santo International, "holding" do GES que, soube-se no final de maio, ocultara dívida no valor de 1,3 mil milhões de euros e sobreavaliara os seus ativos em cerca de 1,2 mil milhões de euros. A empresa esta tecnicamente falida quando emitiu dívida, estando na base do escândalo e do colapso do GES. Na altura, em entrevista ao Jornal de Negócios, Ricardo Salgado atribuiu o problema a Francisco Machado da Cruz, aditando que acreditava que a ocultação de dívida havia sido feita sem dolo.

Machado da Cruz foi dado como desaparecido do país e nunca falou à comunicação social. Contudo, depois da audição de Salgado no Parlamento, o próprio ligou para Fernando Negrão, presidente da comissão, revelando a sua disponibilidade. Machado da Cruz é, pois, essencial no processo, podendo responsabilizar-se ou responsabilizar outros gestores do GES pelo sucedido. 

Eis a lista das próximas audições na comissão:

 

ü  CONFIRMADO - 6 janeiro - 9h

Dr. José Manuel Macedo Pereira

ROC e auditor do GES   

 

 

ü  CONFIRMADO - 6 janeiro - 15h

Dr. João Rodrigues Pena  

CEO da Rioforte

 

 

 

ü  CONFIRMADO - 7 janeiro - 16h  

Dr. José Carlos Cardoso Castella  

Controller financeiro do GES

 

 

 

ü  CONFIRMADO - 8 janeiro - 16h

Dr. Machado da Cruz

Contabilista do BES /comissaire aux compte da ESI e EUROFIN

 

 

 

ü  CONFIRMADA - 13 janeiro - 9h  

Dr.ª Isabel Almeida

Funções de direção no BES