Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Conheça as melhores e as piores profissões para 2015

  • 333

O site CareerCast elaborou uma lista de 200 profissões, desde a melhor
à pior. Os atuários têm a melhor profissão para este ano. Os jornalistas de imprensa ocupam a última posição da lista.

Constança Lameiras

Foi com base em critérios como o ambiente de trabalho, o salário, o stress e as perspectivas em relação ao futuro , que o CareerCast hierarquizou  200 profissões, no sentido de apresentar as melhores e as piores para o ano de 2015.

Segundo a lista, a melhor profissão é a de atuário, especialista na aplicação de cálculos matemáticos e estatísticos a operações financeiras. A esta profissão seguem-se as de audiologista, matemático, estatístico e engenheiro biomédico, todas elas reconhecidas como relevantes e com crescentes possibilidades de emprego.

A profissão de jornalista de imprensa é considerada a pior para este ano, pela incerteza associada à crescente aposta no online e à redução das receitas das vendas em banca.

Entre as piores profissões estão também a de lenhador, pelo risco que envolve, assim como a de um militar que se encontre no ativo. Ser cozinheiro parece não ser uma boa escolha para este ano, sobretudo pelo nível de stress envolvido na gestão da cozinha. Por razões semelhantes às dos jornalistas de imprensa, os locutores de rádio surgem também neste ranking como uma das piores profissões. 

Terapeutas ocupacionais,engenheiros de software,carteiros e taxistas, são algumas das outras profissões apresentadas nesta lista, que pode ajudar os mais indecisos na escolha de uma profissão.