Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

BPI regressa aos lucros no primeiro trimestre

Banco liderado por Fernado Ulrich alcançou um resultado líquido consolidado de 30,9 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, o que compara com prejuízos de 104,8 milhões no mesmo período de 2014.

Isabel Vicente e Sónia M. Lourenço

O BPI obteve resultados líquidos consolidados de 30,9 milhões de euros no primeiros três meses deste ano, regressando assim a terreno positivo. No mesmo período de 2014 tinha tido prejuízos no valor de 104,8 milhões de euros.

No conjunto de 2014, o banco liderado por Fernando Ulrich também ficou no vermelho, com resultados negativos de 163,6 milhões de euros.

No primeiro trimestre o lucro líquido da atividade internacional aumentou 35% em termos homólogos, para os 32,8 milhões.

Já a atividade doméstica continuou a dar prejuízos: foram 2 milhões de euros. Ainda assim, recuperando significativamente dos 129,2 milhões de euros de prejuízos registados nos primeiros três meses de 2014.

A margem financeira do BPI aumentou 37,7%, para os 77,5 milhões de euros.

Os recursos de clientes no balanço do banco aumentaram 8,3%. Contudo, considerando apenas os depósitos de clientes verificou-se uma ligeira descida de 0,5%, explicada pelo decréscimo dos depósitos a prazo (14,9%), compensada em parte pelo cresicmento de quase 40% nos depósitos à ordem.

A carteira de crédito diminuiu 6,4%. Todas as principais rubricas registaram quedas.

Nota ainda para a diminuição das imparidades para crédito (líquidas de recuperações) de 41 milhões de euros, para 33 milhões.