Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsa: PSI 20 fecha a ganhar

O setor da banca esteve em destaque na bolsa de Lisboa, num dia positivo nas praças europeias.

O principal índice da bolsa em Lisboa, o PSI 20, ganhou 0,99 por cento para 5.922,72 pontos, a acompanhar a tendência de ganhos significativos da Europa, e com o BPI em destaque ao subir mais de 7 por cento.

Entre os 20 títulos que compõem o PSI 20, 19 valorizaram e só a Zon acabou a sessão em terreno negativo, perdendo 0,69 por cento para os 2,43 euros.

BPI com a maior subida

O setor da banca esteve em destaque no PSI 20: para além do BPI, que avançou 7,43 por cento para 0,65 euros, o BES subiu 3,38 por cento para 1,96 euros, o Banif acompanhou a tendência e ganhou 5,18 por cento para os 0,41 euros e o BCP cresceu 5,43 por cento, para 0,19 euros.

A Jerónimo Martins e a Galp Energia tiveram também um dia favorável, com subidas acima dos 3 por cento, para 11,82 e 14,05 euros, respetivamente.  REN, Portugal Telecom, Semapa, EDP e Cimpor fecharam também no verde, com crescimentos acima dos dois por cento. A REN acabou a valer 2,10 euros, a operadora de telecomunicações 5,61 euros, a Semapa 5,14 euros, a elétrica nacional vale agora 2,32 euros, enquanto a Cimpor marca 4,95 euros.

A Brisa foi outro dos destaques do dia com uma subida de 6,12 por cento para os 2,57 euros.  

Ganhos generalizados na Europa

O dia na Europa foi de ganhos generalizados, motivados pela crença dos mercados na recuperação europeia da crise da dívida soberana.

Os responsáveis das Finanças encontraram-se durante este fim-de-semana em Washington e comprometeram-se a tomar medidas para lutar contra a crise da dívida que ameaça a economia global.

Os líderes europeus admitiram reforçar o fundo de resgate europeu, mas não deram mais detalhes sobre as suas intenções. O CAC-40, de Paris, avançou hoje 5,74 por cento e o IBEX 35, de Madrid, registou a terceira maior subida do ano, crescendo 4,03 por cento.