Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Bolsa: BPI e BCP em mínimos históricos

A banca portuguesa está hoje a negociar com fortes quedas na bolsa de Lisboa, com as ações do BPI e BCP em mínimos históricos, arrastando o principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, para perdas acima de 3%.

A banca portuguesa está hoje a negociar com fortes quedas na bolsa de Lisboa, com as ações do BPI e BCP em mínimos históricos, arrastando o principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, para perdas acima de 3 por cento.

Pelas 11:40, o BPI liderava as perdas, caindo 4,98 por cento para 0,61 euros, seguido do BCP, que desvalorizava 4,62 por cento para 0,19 euros, ambos os títulos a bater mínimos históricos.

Também o BES apresentava uma forte queda, ao ceder 4,59 por cento para 1,85 euros. O Banif, por seu lado, caía 4,27 por cento para 0,38 euros.

Este comportamento dos títulos bancários acompanha o desempenho do setor na Europa, numa manhã em que os principais índices têm todos

perdas superiores a três por cento.

Em Madrid, os títulos do setor financeiro cediam 4,57 por cento, com o Santander a liderar ao perder 5,21 por cento. Já em Paris estas ações desciam 4,83 por cento, com o Societe Generale a recuar quase 8 por cento. Em Londres, as ações financeiras cediam 4,63 por cento e em Frankfurt as perdas também superaram os 4 por cento.

O PSI seguia a desvalorizar 3,14 por cento, quebrando a barreira dos 6 mil pontos, para 5.903,71 pontos.

Os mercados estão a ser penalizados após o reconhecimento pela Reserva Federal norte-americana, na quarta-feira, de que a desaceleração económica dos Estados Unidos deve persistir por algum tempo, o que levou o banco central a anunciar medidas de estímulo à economia.