Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

BNP Paribas investe €2,5 milhões em Portugal

O grupo bancário francês vai abrir em Lisboa o "Hub Europa", que centralizará pagamentos de nove países europeus, contratando 70 novos colaboradores. Já são 1500 funcionários em Portugal

Sónia M. Lourenço (www.expresso.pt)

O grupo BNP Paribas escolheu Lisboa para sede do "Hub Europa", que vai centralizar a execução de pagamentos e recebimentos dos clientes de nova países europeus (Portugal, Reino Unido, Holanda, Irlanda, Grécia, Espanha, Noruega, Bulgária e Itália) na área de Corporate and Investment Banking (banca de investimento e empresarial).

A instalação desta estrutura em Lisboa, que permitirá otimizar custos e aumentar o controlo do risco e a capacidade de resposta do banco, representa um investimento inicial de €2,5 milhões e levará à contratação de 70 novos colaboradores, elevando para cerca de 1500 o número de funcionários do grupo financeiro francês em Portugal.

A decisão de localizar o "Hub Europa" em Lisboa prende-se, em primeiro lugar, com a "alta qualidade das pessoas que recrutamos, jovens e muito bem treinadas. São excecionais, realizando um trabalho muito bom", destaca Jean Lemierre, assessor sénior do presidente do conselho do BNP Paribas. Os 70 novos colaboradores representarão um investimento adicional anual, resultante desta operação, de €2,8 milhões, avança o banco.

Outros fatores que pesaram na decisão do BNP Paribas foram o "ambiente legal e regulatório muito bom no sector financeiro e a qualidade das infra-estruturas, sobretudo tecnológicas e de comunicações", aponta Jean Lemierre, salientando ainda o facto de Portugal pertencer à zona euro e a qualidade de vida na capital lusa.

"Sentimo-nos muito bem-vindos", afirma Jean Lemierre, frisando a "relação de longo prazo" do BNP Paribas com Portugal, onde está há mais de 25 anos. Este foi o terceiro "hub" de serviços do grupo financeiro francês a ser instalado em Portugal e "queremos continuar a crescer", reforça.

Até porque a crise não está a penalizar a atividade do banco em Portugal. "Na maioria dos negócios em que estamos presentes estamos a aumentar a nossa quota de mercado, em mercados que estão a encolher", revela François Laplace, diretor-geral do BNP Paribas em Portugal. "Há uma redução do mercado de crédito em Portugal devido à situação de crise. Nós estamos a manter o nível de financiamento e de apoio à atividade económica", remata Jean Lemierre.