Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Economia

Benetton retira fotomontagem com papa a beijar imã do Cairo

  • 333

A Benetton decidiu retirar imediatamente uma fotomontagem publicitária com o papa a beijar na boca o imã do Cairo, após protestos do Vaticano.

A popular marca de roupa italiana Benetton decidiu retirar imediatamente uma fotomontagem publicitária com o papa a beijar na boca o imã da mesquita Al-Azhar do Cairo, após protestos do Vaticano e de católicos.

Em comunicado, citado pela agência Efe, a empresa, conhecida pelas polémicas campanhas publicitárias, lamentou que o uso da imagem de Bento XVI tenha ferido a sensibilidade da Santa Sé e dos católicos, que exigiram a sua retirada, depois de aparecer hoje na capital italiana, a escassos metros inclusive da Praça de São Pedro, na Cidade do Vaticano.

A Benetton alega que, com a fotomontagem, em que o chefe da Igreja Católica e o imã Ahmed Mohamed al-Tayeb se beijam na boca, apenas pretendia realçar o combate à cultura do ódio.

A campanha publicitária da marca inclui ainda fotomontagens com dirigentes políticos a beijarem-se igualmente na boca, como as duplas Barack Obama - Hugo Chávez, Nicolás Sarkozy - Angela Merkel e Benjamim Netanyahu - Mahmoud Abbas.

O anúncio da retirada da imagem com Bento XVI ocorre pouco tempo depois de o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, ter admitido o recurso a possíveis medidas perante "as autoridades competentes" para garantir o respeito pelo papa.