Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Economia

Alemanha admite flexibilizar programa da troika a Portugal

  • 333

Numa conversa informal antes da reunião do Eurogrupo em Bruxelas, o ministro das Finanças alemão tranquiliza Vítor Gaspar com a disponibilidade para um reajustamento no pacote de ajuda, mas só após a situação da Grécia estar resolvida.

O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schauble, disse hoje ao homólogo português, Vítor Gaspar, que face ao sucesso negocial relativo ao segundo pacote de ajuda internacional à Grécia, a Alemanha está disponível para rever as condições do acordo assinado com Portugal.

"Após a decisão substancial sobre a Grécia, se depois houver a necessidade de reajustamento do programa português, nós estamos prontos para o fazer", disse Wolfgang Schauble ao ministro das Finanças português, numa conversa informal antes de ter início a reunião do Eurogrupo, em Bruxelas, filmada pela estação televisiva portuguesa TVI.

Vítor Gaspar agradeceu a disponibilidade da Alemanha para flexibilizar as condições do empréstimo da troika a Portugal. "Isso será muito apreciado", respondeu o ministro português.

O governante alemão ainda explicou a Vítor Gaspar que a revisão do pacote financeiro a Portugal só será possível após a situação grega ser resolvida com sucesso, porque "o problema é que os membros do Parlamento alemão e da opinião pública não acreditam" na capacidade dos esforços do Governo alemão relativamente à Grécia serem bem sucedidos.

"Fizemos progressos substanciais", retorquiu Vítor Gaspar, obtendo a concordância do seu homólogo alemão.

Veja o vídeo: