Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Águas de Portugal lucra €46 milhões

O grupo liderado por Pedro Serra registou um lucro de €46 milhões em 2009, ultrapassando o melhor resultado de sempre no ano anterior.

A AdP-Águas de Portugal aumentou os lucros para 46 milhões de euros em 2009, enquanto o volume de negócios subiu 7,2% para €659,3 milhões.



O grupo explica a evolução do resultado líquido com a melhoria dos resultados financeiros, o aumento do volume de negócios e o investimento na eficiência da gestão.



Os resultados financeiros ascenderam a 61 milhões de euros negativos, o que equivale a uma melhoria de 29 milhões de euros face a 2008, revela um comunicado da AdP.



O EBITDA (resultado antes de juros, impostos, apreciações e amortizações) subiu 7,5% para 280,6 milhões de euros.



A AdP sublinha que em 2010 estão previstos investimentos de cerca de 600 milhões de euros nas várias regiões onde o grupo desenvolve a sua actividade.



Este ano será também de crescimento dos projectos do Grupo AdP para as energias renováveis, incluindo  "a concretização dos projectos da biomassa, da valorização energética dos CDR e das lamas de ETAR, e ainda nos domínios da micro-hídrica, energia fotovoltaica e aproveitamento energético de biogás, entre outros", acrescenta o comunicado.