Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Águas de Portugal inicia fornecimento direto à população na região Noroeste

  • 333

O grupo estatal assumiu esta quarta-feira, através da Águas do Noroeste, o abastecimento de água ao consumidor final em oito municípios do Noroeste, com uma população de 300 mil habitantes.

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A Águas do Noroeste, subsidiária do grupo Águas de Portugal, iniciou esta quarta-feira o fornecimento direto de água à população em oito municípios da região Noroeste, num total de 300 mil habitantes que até agora eram abastecidos por diferentes sistemas municipais.

As autarquias nas quais o abastecimento de água ao consumidor final passou a ser feito pela Águas do Noroeste são Amarante, Arouca, Baião, Celorico de Basto, Cinfães, Fafe, Santo Tirso e Trofa.

Em comunicado a Águas de Portugal nota que o início do abastecimento direto resulta de uma parceria firmada em julho de 2013. Por via dessa parceria, assinala o grupo estatal, "foi criado o sistema de águas da região do Noroeste, que, sem prejuízo do respeito pela autonomia local, promove a agregação territorial dos sistemas municipais de água e saneamento dos oito municípios, no sentido da maximização das economias de escala".

A Águas do Noroeste, criada em 2010, abrange atualmente 32 municípios. Com a parceria assinada em 2013, a empresa da Águas de Portugal comprometeu-se a executar nos oito municípios em causa um plano de investimento de 150 milhões de euros.

As verbas a aplicar pela Águas do Noroeste irão privilegiar a construção de novas redes municipais de distribuição de água e de recolha de efluentes e a manutenção e renovação de infraestruturas. A Águas de Portugal espera com este plano de investimento "fortes impactos positivos na dinamização da economia e do tecido empresarial regional".