Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Economia

Ações do Banif disparam 10,27%

  • 333

O Banif tem estado em forte valorização esta manhã (chegou a ganhar 13,7%), depois de, na segunda-feira, o Ministério das Finanças ter anunciado que o Estado vai injetar 1.100 milhões de euros na operação de recapitalização do banco.

As ações do Banif têm estado a valorizar desde a abertura da sessão de bolsa desta quarta-feira. O anúncio da injeção de 1.100 milhões de euros pelo Estado na operação de recapitalização do banco, feito na passada segunda-feira, está na base fo forte interesse dos investidores pelos títulos do Banif.

O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, seguia a acentuar

os ganhos esta manhã, com a banca a puxar e o Banif a disparar mais de 10%.

Pelas 10:40, o PSI20 avançava 2,13% para 5.775,36 pontos, a acompanhar a Europa, com a banca a puxar pelas negociações no primeiro dia de 2013.

Das 20 empresas que compõem o principal índice português, 17 seguiam a subir mais de 1% e apenas uma (o Espírito Santo Financial Group) se situava em terreno negativo.

As ações que mais puxavam pelos ganhos eram as da banca, com o Banif a disparar 10,27% para 0,16 euros, seguido do BPI, com ganhos de 4,88% para 0,99 euros. O BES e o BCP avançavam também 3,69% e 1,33% para 0,93 e 0,08 euros.

O Banif tem estado em forte valorização esta manhã (chegou a ganhar 13,7%), depois de na segunda-feira o Ministério das Finanças ter anunciado que o Estado vai injetar 1.100 milhões de euros na operação de recapitalização do banco.

"A injeção de fundos públicos no Banif ascende a 1,1 mil milhões de euros e será realizada através do recurso à linha de recapitalização disponível ao abrigo do Programa de Assistência Económica e Financeira a Portugal", comunicou o Ministério das Finanças ao regulador do mercado (CMVM), referindo que "após esta injeção de capital, um total de 5,6 mil milhões de euros terá sido injetado no sistema bancário privado português através da referida linha de recapitalização".

A operação de recapitalização decorrerá através da subscrição de 700 milhões de euros em ações especiais e 400 milhões de euros em instrumentos de capital elegíveis para 'Core Tier '1, a serem emitidos pelo Banif.

O Banif é a quarta instituição financeira a ser recapitalizada com recurso a fundos públicos, depois do BCP, BPI e CGD.