Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Ações da PT afundam mais de 9% e pressionam negociações no PSI20

Ações da PT SGPS lideravam esta manhã as perdas na Bolsa de Lisboa, recuando 9,21% para 1,37 euros.

O principal índice da Bolsa de Lisboa, o PSI20, seguia esta manhã a recuar 1,63% para 5.091,63 pontos, com as ações da PT SGPS a afundarem mais de 9%. Pelas 8h45, o PSI20 seguia com 17 dos 18 títulos que o compõem a negociarem negativos e apenas um (EDP) a negociar em terreno positivo.



A liderar as perdas seguiam as ações da PT SGPS, que recuavam 9,21% para 1,37 euros. Os títulos da Mota-Engil seguiam igualmente em forte desvalorização, com perdas de 5,52% para 3,34 euros.



Em terreno positivo seguia apenas a EDP, que avançava 0,18% para 3,31 euros.



Lisboa seguia a negociar numa Europa igualmente negativa, no arranque de uma semana que será marcada pela reunião do Banco Central Europeu (BCE) na quinta-feira, na qual os investidores estarão atentos ao plano de estímulos para a zona euro. Na semana passada, o vice-presidente Vítor Constâncio admitiu que o BCE poderá comprar títulos de dívida soberana a partir do primeiro trimestre de 2015, se outras medidas em curso para estimular a economia forem insuficientes. O presidente da instituição, Mario Draghi, também reiterou que o banco está disposto a adotar medidas adicionais "se for necessário" para combater a baixa inflação da zona euro, que em outubro foi de 0,4%.



Para esta segunda-feira está agendada a divulgação dos indicadores de atividade industrial nos vários países da zona euro.



Tanto o euro como o barril de petróleo Brent iniciaram a sessão em baixa nos seus respetivos mercados, com a moeda única europeia a trocar-se a 1,2444 dólares e o crude de referência na Europa a cotar no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres a 68,47 dólares, menos 2,39% face ao fecho de sexta-feira.