Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Pedro Pinto vai ser o diretor não-executivo da Eleven Sports em Portugal

D.R.

O antigo jornalista e diretor de comunicação da UEFA vai liderar a transmissão da Champions, gerir a relação com os media e os detentores dos direitos desportivos e apoiar a equipa de produção da operadora que adquiriu recentemente vários direitos de transmissão desportivos no mercado português

Pedro Pinto foi escolhido pela Eleven Sports para assumir o cargo de diretor não-executivo em Portugal e para trabalhar de perto com Danny Menken, o diretor-geral do grupo.

O antigo diretor de comunicação da UEFA, jornalista desportivo e apresentador da CNN, que inicia funções a 16 de julho, vai liderar a transmissão da Liga dos Campeões da UEFA, gerir as relações com a imprensa e detentores de direitos desportivos e apoiar a equipa de produção da operadora no mercado português.

“A experiência e conhecimento do mercado desportivo português e internacional do Pedro garante que ele é a pessoa certa para nos ajudar a construir as nossas operações portuguesas como diretor não-executivo”, afirma em comunicado Danny Menken, Group diretor-geral do grupo Eleven Sports.

A trabalhar no jornalismo durante cerca de duas décadas antes de entrar na UEFA, Pedro Pinto foi jornalista e apresentador desportivo da CNN. Mais tarde, ao serviço da UEFA, liderou toda a comunicação daquela organização, servindo ainda como porta-voz oficial e apresentador do sorteio e da gala da Liga dos Campeões.

O antigo responsável de comunicação da UEFA mostra-se, segundo disse em comunicado, “entusiasmado” por passar a fazer parte da operadora criada em 2015 - que anunciou recentemente a entrada no mercado português -, por esta estar “a posicionar-se como um dos principais canais no mercado nacional”.

Desporto por 9,99 euros por mês

Criada em 2015, a Eleven Sports — que tem os direitos de transmissão televisiva de várias das mais importantes competições de futebol na Europa, na Ásia e na América — adquiriu recentemente os direitos da Liga dos Campeões, LaLiga espanhola, Ligue 1 francesa, Bundesliga, Supertaça alemã, Jupiler Pro League, Supertaça da Bélgica e do canal oficial do Arsenal para Portugal.

Os conteúdos vão ser transmitidos não só na plataforma online da empresa (e em redes sociais como o Facebook e o Twitter) mas também na televisão linear, garantiu recentemente em entrevista ao Expresso o diretor-geral do grupo, Danny Menken, que fechou acordo com a Nowo para a distribuição exclusiva dos seus conteúdos em Portugal.

A partir de 15 de agosto, data da Supertaça europeia, a empresa disponibiliza dois canais HD 24/7 e quatro canais pop-up (temporários, que funcionam apenas em eventos específicos) por 9,99 euros mensais. A subscrição da plataforma de streaming online terá um preço semelhante.

A empresa oferece mais de 25 mil horas em direto de conteúdos desportivos a mais de 17 mil subscritores em países como a Bélgica, Itália, Luxemburgo, Polónia, Singapura, Taiwan e Estados Unidos - e deu recentemente os primeiros passos no Reino Unido, Irlanda e Portugal.