Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Fundador da HNA, acionista da TAP, morre após queda em França

Wang Jian, presidente do conselho de administração da chinesa HNA Group e acionista da TAP, faleceu na terça-feira na sequência de uma queda enquanto tirava uma fotografia numa viagem de negócios a França, noticiou o Financial Times

Co-fundador e presidente do conselho de administração do conglomerado financeiro e de aviação, Wang Jian, 57 anos, era um antigo engenheiro de aviação civil e fez parte de um pequeno grupo que fundou a chinesa Hainan Airlines no início dos anos 1990. Tem 15% do grupo, segundo informação pública.

A HNA Group é acionista da TAP, com uma participação indireta de 5,2%, na sequência dos 11,5% que detém na Atlantic Gateway, detentora de 45% da companhia de aviação. Uma das suas subsidiárias, a Capital Airlines, inaugurou em Junho de 2017 o primeiro voo direto entre a China e Portugal. Têm sido noticiados problemas financeiros no grupo, que se tornou uma multinacional na última década, na sequência de grandes investimentos no exterior. Chegou a ter quase 10% do Deutsche Bank, mas já reduziu a participação. Tem estado a vender ativos para reduzir o endividamento.

Um media regional francês noticiou que um homem de 57 anos morreu terça-feira de manhã depois de cair numas escadas de uma igreja na Provença na cidade de Bonnieux quando tirava uma fotografia.

“O HNA Group dá as mais profundas condolências à família do Sr Wang e aos muitos amigos”, afirmou em comunicado a administração da empresa. “Lamentamos a perda de um excepcional é dotado líder e uma referencia, cuja visão e os valores continuarão a ser uma referência para todos os que tiveram a felicidade de o conhecer, e para os muitos que foram tocados pelo seu trabalho e atos de filantropia”, sublinha a mesma fonte.