Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Concursos de projetos técnicos para eletrificação das linhas do Alentejo e Oeste avançam este ano

Decisões de avançar com concursos para trabalhos técnicos vão no sentido de fazer “trabalho prévio”, caso os projetos sejam incluídos no Plano Nacional de Investimento, referiu o ministro do Planeamento no Parlamento

Os concursos para projetos técnicos para a eletrificação das linhas ferroviárias do Alentejo, até Beja, e do Oeste deverão avançar até ao final do ano, disse esta quarta-feira, no Parlamento, o ministro do Planeamento e das Infraestruturas.

Na comissão parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas, Pedro Marques indicou que o “Governo já tomou a decisão de este ano avançar o projeto técnico de eletrificação da linha do Alentejo, até Beja”, e “na linha do Oeste, o que ainda não tinha sido transmitido publicamente”.

O ministro lembrou que estas decisões de avançar com concursos para trabalhos técnicos vão no sentido de fazer “trabalho prévio”, caso os projetos sejam incluídos no Plano Nacional de Investimento.

O governante informou ainda sobre o lançamento de concurso, no segundo semestre, para contratar “mais 50 recursos humanos na EMEF – Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário.

Há dois dias, o líder parlamentar do PS, Carlos César, depois de uma reunião com o movimento cívico "Beja merece mais", tinha dito acreditar que em relação à eletrificação da linha férrea entre Beja e Casa Branca o Governo "estará em condições de lançar o concurso para o projeto dessa via ainda este ano".

Entre outras questões, os membros do movimento "Beja merece mais" queixam-se das acessibilidades à cidade capital de distrito, sobretudo dos sucessivos adiamentos do projeto para a eletrificação da linha ferroviária até Casa Branca.

"Não tenho dúvidas de que o Grupo Parlamentar do PS estará envolvido na inclusão desse projeto no Plano Nacional de Investimentos, que está a ser prefigurado para o novo quadro financeiro plurianual. Essa é uma obra que terá o seu começo, que será certamente finalizada e que estimo que, se tudo correr bem este ano e no próximo, o PS também tenha a honra de ser pioneiro, fazendo-a arrancar", acrescentou, na altura.

No passado dia 24 de maio, a Assembleia da República aprovou projetos de resolução de "Os Verdes" e Bloco de Esquerda para que se promova com urgência a requalificação da linha ferroviária do Oeste.

No início de maio, o Governo tinha referido que a eletrificação do troço ferroviário entre Beja e Casa Branca, da Linha do Alentejo, seria “avaliada no próximo quadro de fundos europeus".

A intervenção, cujo financiamento não consta do atual programa de fundos comunitários Portugal 2020, "será avaliada no próximo quadro de fundos europeus", lê-se na resposta do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas a uma pergunta dos deputados do PCP João Dias e Bruno Dias sobre a falta de investimentos na Linha do Alentejo.