Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

EDP Renováveis supera meta de contratos de longo prazo nos EUA

Empresa de energias limpas da EDP previa em 2020 ter 1,8 gigawatts de capacidade eólica nos Estados Unidos coberta por contratos de longo prazo, mas acaba de firmar quatro contratos que elevam a capacidade contratada para 2,1 gigawatts

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A EDP Renováveis assinou quatro novos contratos de venda de energia durante 15 anos nos Estados Unidos da América (EUA), que elevam para 2,1 gigawatts (GW) a capacidade eólica já coberta por este tipo de contratos no mercado americano, acima dos 1,8 GW que tinham sido traçados como meta para o ano 2020.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a EDP explica ainda que com estes novos contratos a capacidade de produção que opera globalmente, nas várias geografias do grupo, com remuneração de longo prazo ascende a 3,6 GW, também acima do objetivo de em 2020 alcançar 3,5 GW de capacidade de produção coberta.

Os quatro novos contratos dizem respeito à energia que será produzida em dois parques eólicos que no seu conjunto terão uma potência de 405 megawatts (MW).

Os novos parques serão construídos nos estados de Illinois e Indiana e devem entrar em funcionamento em 2019 e 2020, respetivamente.