Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Euro sobe face ao dólar antes da cimeira de Singapura

Enzo Moavero, ministro dos Negócios Estrangeiros de Itália, e Giovanni Tria, ministro das Finanças

Silvia Lore/Getty

Subida do euro ocorreu depois de terem sido publicadas declarações do ministro da Economia de Itália, Giovanni Tria, afastando a possibilidade de uma saída de Itália da moeda única

O euro subiu nesta segunda-feira ligeiramente face ao dólar, num cenário de expectativa quanto à cimeira entre o presidente norte-americano, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e antes de várias reuniões de bancos centrais. Às 18:17 (hora de Lisboa), o euro seguia a 1,1786 dólares, acima dos 1,1773 registados na sexta-feira à mesma hora.

A subida do euro ocorreu depois de terem sido publicadas declarações do ministro da Economia de Itália, Giovanni Tria, afastando a possibilidade de uma saída do euro e manifestando a sua intenção de reduzir a dívida italiana. No início de uma semana em que vão decorrer reuniões do Banco Central Europeu (BCE), da Reserva Federal norte-americana e do Banco do Japão, os investidores estão particularmente atentos aos resultados da reunião de Donald Trump com Kim Jong-un, que decorre na terça-feira em Singapura.

No fim de semana, a cimeira do G7 pôs em evidência as divergências que existem neste grupo de países, com Trump a demarcar-se do comunicado final da reunião.