Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Sonae faz fusão ibérica na cibersegurança

Susana Rodrigues

A Sonae IM chegou a acordo para juntar as operações da Nextel e da S21Sec. O objetivo é reforçar o negócio da cibersegurança na Penínnsula Ibérica e na América Latina e avançar na criação de um líder europeu neste sector

A Sonae IM, o ramo do grupo que investe em empresas tecnológicas, anunciou hoje um acordo para fundir a S21Sec,com a espanhola Nextel. O objetivo é "reforçar a posição da sua unidade de cibersegurança na Ibéria e América Latina, bem como dar um passo decisivo na criação de um líder europeu na cibersegurança", afirma a empresa.

"Com a operação entre a S21sec e a Nextel consolidamos o projeto que iniciámos em 2014 com a entrada no capital da S21sec reforçado em 2016 com o investimento na Sysvalue, e damos um passo determinante que posiciona a empresa combinada como um dos líderes no panorama de cibersegurança europeu", afirma o diretor executivo da Sonae Investment Management (Sonae IM) no comunicado.

A empresa que resulta desta fusão contará com 400 profissionais especializados em cibersegurança e com uma base de clientes que junta a maioria das grandes empresas ibéricas.Com os ganhos de escala, o grupo espera reforçar "a capacidade de continuar a inovar e de prestar serviços avançados, na resposta à crescente complexidade do cibercrime".

A fusão das empresas deverá estar concluída nas próximas semanas. mas o grupo não revela o valor da operação.

A Sonae IM, liderada por Cláudia Azevedo, tem vindo a apostar no negócio da cibersegurança e, no final de 2017, juntou duas empresas ao seu portefólio, com investimentos na Artic Wolf e na Seucloud.