Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Fidelidade apoia 21 instituições com 500 mil euros

Foram 580 candidaturas das quais saíram 21 vencedores com projetos nas área de inclusão social e prevenção na saúde

Na primeira edição do prémio Fidelidade Comunidade, através do qual o objetivo é promover o fortalecimento do setor social, concorreram 580 instituições de todo o país. Destas 73% candidataram-se a categoria " Apoio a Projetos", 48% na área da inclusão social e 52% na da prevenção da saúde.

Destes projetos para os quais foram foram canalizados 500 mil euros. Cada instituição pode receber de prémio máximo 50 mil euros. O objetivo da Fidelidade, referiu Magalhães Correia, líder da seguradora, é estruturar o apoio ao setor social". É acrescenta que "O prémio procura canalizar os nossos recursos para o setor social em áreas de inclusão social e prevenção, que tem a ver com a nossa atividade". Ou seja "proteger no presente e no futuro e contribuir para o sucesso dos projetos".

O presidente da Fidelidade referiu que este primeiro ano foi experimental e que na próxima edição quer " dar mais presença às candidaturas para sustentabilidade das instituições. Queremos dedicar mais espaço á capacidade das instituições e não apenas financiar projetos".

Alavancar a estrutura destas entidades que atuam na área social e conferir lhes "eficiência e capacidade de resposta nas suas áreas" e o grande objetivo desta iniciativa.

Jorge Magalhães Correia afirma que este prémio "materializa o nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável da sociedade através do fortalecimento do setor social privado".