Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Continental Mabor vende mais, mas lucra menos

Sérgio Granadeiro/Expresso

Resultados da quarta maior exportadora portuguesa refletem "impacto significativo da subida dos preços das matérias-primas e das depreciações, consequência dos investimentos feitos nos últimos anos", diz a empresa

A Continental Mabor fechou 2017 com um volume de negócios de 878 milhões de euros e lucros de 211,57 milhões. A quarta maior exportadora portuguesa viu, assim, as vendas crescerem 6% face ao ano anterior, enquanto os lucros caíram 6%.

O resultado líquido "reflete o impacto significativo da subida dos preços das matérias-primas e das depreciações, consequência dos investimentos feitos nos últimos anos", explica o presidente da empresa, Pedro Carreira, em comunicado.

A fábrica de pneus do grupo alemão Continental exportou 98% da produção para 67 países, investiu mais de 62 milhões de euros no último exercício, contratou 168 trabalhadores e fechou o ano com 2038 trabalhadores.

"Em 2017, o impacto no nosso volume de negócio dos pneus agrícolas foi ainda ténue e contamos com um forte incremento em 2018", acrescenta o gestor.

Considerando as 5 empresas do grupo Contiental em Portugal (Continental Mabor, Continental Pneus, Indústria Têxtil do Ave, Continental Lemmerz e Continental Teves), num total de 2.792 colaboradores, o volume de negócios soma 1,18 mil milhões de euros.