Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Preços do gás natural caem 0,2%

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) acaba de propor uma descida de 0,2% nos preços do gás entre Julho de 2018 e Junho de 2019

As tarifas de gás aplicadas às famílias que se mantêm no mercado regulado deverão descer em média 0,2% a partir de julho e face ao ano anterior, de acordo com a proposta da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.

Segundo a proposta do regulador da energia, as tarifas transitórias de gás natural, aplicadas aos consumidores que se mantêm no mercado regulado deverão descer em média 0,2% para consumos iguais ou inferiores a 10.000 metros cúbicos (consumidores domésticos e serviços); 4,2% para consumos acima de 10.000 metros cúbicos (pequena indústria) e 5,2% para consumidores de média pressão (indústria).

Este é o quarto ano consecutivo de descida das tarifas de gás natural.

O Ministério da Economia, em nota enviada às redações, nota que a descida dos preços do gás natural, anunciada hoje pela ERSE, "é mais um contributo para o reforço do poder de compra das famílias e da competitividade das empresas e resulta do rigor das políticas de energia baseadas na redução dos custos e no facto de os consumidores (famílias e empresas) estarem no centro dessas políticas".

O Governo considera ainda que desde a sua entrada em funções "há uma tendência de descida dos preços da energia que é extensível à eletricidade e que resulta do conjunto de medidas adotadas para travar os custos em duas áreas consideradas estratégicas para a economia nacional".

E recorda que na eletricidade, assistiu-se, pela primeira vez, nos últimos 18 anos, a uma redução dos preços para as famílias, ao passo que as tarifas de acesso às redes registam uma diminuição histórica de -4,4%.