Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Injeções do Fundo de Resolução não ficam por aqui

António Ramalho chegou sorridente à apresentação de contas. Foram os piores resultados desde que o Novo Banco existe

Nuno Botelho

Para já são mais €792 milhões, mas este valor deverá subir. Banqueiros voltam a criticar modelo de venda

Na apresentação de contas mais esperada do ano, as do Novo Banco, os prejuízos recorde e o elevado nível de imparidades provaram o que já se esperava: o banco foi vendido mas os riscos continuam a correr por conta do Fundo de Resolução e, por arrasto, do próprio Estado.

Para ler o artigo na íntegra, clique AQUI