Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Associados do Montepio aprovaram contas de 2016 e 2017

460 associados aprovaram contas da Associação Mutualista Montepio Geral. São apenas 0,074% do total de associados

A Assembleia Geral da Associação Mutualista Montepio que começou esta quarta-feira às 21h, aprovou, por uma larga maioria de 96,6%, as contas individuais da associação referentes a 2017.

As contas individuais da Associação relativas a 2017 registaram um prejuízo de 221 milhões de euros, mas a alteração do regime fiscal da associação transformou os prejuízos em lucros de 587,5 milhões de euros. Isto porque a Associação passou a estar sujeita a IRC e desta forma a beneficiar do regime de impostos diferidos. Ou seja, para que a alteração às contas se efetive será preciso que a Associação tenha lucros capazes de absorver os impostos diferidos no valor de 806 milhões de euros.

Os associados votaram também as contas consolidadas relativas a 2016.

A reunião que decorreu na Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa, contou com a participação de cerca de 460 associados, que segundo comunicado da Associação, “votaram favoravelmente, por larga maioria de 96,6%, os 5 pontos que constavam da agenda de trabalho: deliberação sobre o Relatório e Contas Consolidadas e Parecer do Conselho Fiscal referente ao Exercício de 2016, deliberação sobre o Relatório e Contas Individuais e Parecer do Conselho Fiscal referente ao Exercício de 2017, deliberação sobre as propostas de aplicação de resultados, apreciação do Relatório da Atividade do Conselho Geral, relativo ao Exercício de 2017 e apreciação do Relatório da Atividade da Comissão de Vencimentos, relativo ao Exercício de 2017”. Este último ponto foi o que deu origem ao pedido de esclarecimento por parte da Associação do Montepio à Autoridade Tributária para que esta deixasse de estar isenta de IRC, passando a ser tributada e a ter direito a utilizar os impostos diferidos.

No mesmo comunicado disponibilizado pela Associação é dito que Tomás Correia referiu na magna reunião que “ao serem aprovadas as contas, a Associação Mutualista Montepio sai do ciclo de crise mais preparada do que estava no período que a antecedeu, com rácios de capital que lhe conferem solidez e confiança para o futuro”.

Fundada em 1840, a Associação tem cerca de 620 mil associados, embora tivessem estado presentes na Assembleia Geral, apenas 460, ou seja 0,074% do total.