Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Negociações entre EUA e China acalmam as bolsas

Depois de uma semana negra, os mercados de ações fecharam em alta na segunda-feira, com destaque para ganhos de quase 3% em Wall Street. Esta terça-feira, a maré verde prossegue na Ásia e na Europa. PSI 20 sobe 1,3%

Jorge Nascimento Rodrigues

A Ásia fechou esta terça-feira em terreno positivo, com o índice Nikkei 225, da bolsa nipónica, a liderar as subidas, com ganhos de 2,4%. A Europa abriu, também, em alta, com o índice londrino FTSE 100 e o índice alemão Dax a liderarem as subidas, com ganhos de 1,6%. Em Lisboa, o índice PSI 20 sobe 1,5%.

Depois de uma semana negra nas bolsas, em reação às medidas protecionistas lançadas pela Administração Trump, dirigidas sobretudo à China, os mercados de ações saíram do vermelho na segunda-feira na expetativa de que negociações entre Washington e Pequim reduzam o risco de guerra comercial. "Já estamos à mesa de negociações", garantiu Peter Navarro, o novo diretor do Conselho Nacional do Comércio da Casa Branca. Palavras que se juntam às de Steven Mnuchin, secretário do Tesouro, e de Kevin Hassett, diretor do Conselho de Consultores Económicos do presidente, garantindo que Trump prefere um acordo bilateral a uma guerra comercial.

Na Europa, a Alemanha procura um terreno de entendimento com a Administração Trump em matéria de direitos alfandegários. Os construtores automóveis germânicos deram luz verde a que Berlim reduza as taxas nas importações de veículos norte-americanos, segundo o diário Süddeutsche Zeitung, de Munique.

O crescimento de riscos geopolíticos na Europa não penalizou, ainda, as bolsas. Assiste-se à escalada de sanções diplomáticas contra a Rússia por parte de mais de uma vintena de países - incluindo uma parte da União Europeia - solidários com o Reino Unido na condenação de um alegado envolvimento do Kremlin no envenenamento de um ex-agente duplo russo no Reino Unido.

As bolsas mundiais fecharam na segunda-feira com o índice MSCI global a subir 1,5%, puxado sobretudo pelos ganhos em Nova Iorque, com o índice MSCI para as duas bolsas norte-americanas a avançar 2,7%. O índice para a zona euro fechou na segunda-feira ligeiramente acima da linha de água. Em Lisboa, o PSI 20 perdeu 0,4%.