Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Lucros da Fosun sobem 28% em 2017

A dona da Fidelidade e Luz Saúde e maior acionista do BCP, a Fosun, registou lucros de 1,686 mil milhões de euros em 2017

O resultado liquido da Fosun, dona da Fidelidade e da Luz Saúde e maior acionista do BCP, aumentou 28,2% de 2016 para 2017. O s lucros totalizaram 1,686 mil milhões de euros ( 13.162 milhões de renmimbi), anunciou o grupo esta terça-feira.

O grupo de investimento chinês refere que em igual período as receitas subiram 19% para 11,276 mil milhões de euros (à taxa de câmbio atual).

O presidente do Conselho de Administração ('chairman') da Fosun International, Guo Guangchang, afirmou, que o grupo registou em 2017 “o resultado financeiro mais forte de sempre”, e que este coincidiu com o 25º aniversário do grupo.

“Ao longo destes anos, sendo uma empresa global com raízes chineses, melhorámos as principais operações industriais, focámos a nossa estratégia na construção de ecossistemas e contratámos os melhores talentos globais para executar a nossa estratégia de 'customer-to-maker' (C2M)”, prossegue o responsável.

No comunicado enviado ás redações, prossegue, referindo: “Estou muito orgulhoso por partilhar os nossos resultados financeiros recorde e anunciar que o Conselho de Administração recomendou um aumento do nosso dividendo este ano para 0,35 dólares de Hong Kong (3,59 euros) por ação”.

Guo Guangchang acrescenta que “Os nossos fortes resultados são uma combinação da melhoria das nossas operações principais e da alocação disciplinada de ativos. Em 2017, assistimos a um crescimento significativo das nossas operações principais, incluindo a Fosun Pharma, Club Med, Millennium BCP e Nanjing Nangang”.

O gestor recorda ainda que durante o ano passado, o grupo de investimento manteve uma estratégia disciplinada de alocação de ativos, o que incluiu “investimentos em mais de 100 novos projetos estimulantes, equilibrados com mais de 50 desinvestimentos e 10 bem-sucedidas entradas em bolsa (IPO)”, aponta.