Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Avaliação das casas voltou a subir em fevereiro

FOTO GONÇALO ROSA DA SILVA

Entre janeiro e fevereiro o valor médio do metro quadrado para habitação cresceu 0,4%. Na Área Metropolitana de Lisboa a subida foi de 1,3%

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O valor médio da avaliação bancária para crédito à habitação subiu 0,6% entre janeiro e fevereiro, fixando-se em 1160 euros por metro quadrado, informou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo a mesma fonte, o valor médio da avaliação dos apartamentos alcançou os 1213 euros por metro quadrado, enquanto a avaliação das moradias se situou em 1069 euros por metro quadrado.

As maiores subidas entre janeiro e fevereiro verificaram-se nos Açores (um aumento de 1,4%) e na Área Metropolitana de Lisboa (1,3%). Segundo o INE, os valores de avaliação das casas apenas desceram na Madeira (-0,6%) e na região Centro (-0,4%).

No que respeita aos apartamentos, o preço médio mais alto é o do Algarve (1453 euros por metro quadrado) e o mais baixo é o do Alentejo (970 euros por metro quadrado).

Em comparação com fevereiro do ano passado as avaliações dos bancos apresentam uma subida média de 4,6%, com o valor dos apartamentos a aumentar 5,2% e o das moradias a crescer 3,4%.