Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portugal arrisca perder 15% dos fundos comunitários

“Descubra como €4.342.544.223 de fundos da União Europeia mudaram a sua vida” é o nome da exposição fotográfica que a gestora do Portugal 2020, Helena Azevedo (ao centro) e a eurodeputada socialista, Liliana Rodrigues (à direita), inauguraram esta semana no Parlamento Europeu. Quem esteve lá a ver onde Portugal 
investiu o dinheiro foi o diretor da política regional da Comissão Europeia, Rudolf Niessler

D.R.

Em causa está um corte na ordem dos €4 mil milhões no próximo quadro comunitário 2021-2027

O Portugal 2030 vai ter menos dinheiro do que o Portugal 2020 para apoiar desenvolvimento das regiões portuguesas. O próximo quadro comunitário para 2021-2027 arrisca mesmo perder 15% do envelope financeiro a que o país teve direito no atual quadro comunitário para 2014-2020 ao abrigo das tradicionais política de coesão e política agrícola comum (PAC) da União Europeia (UE).

Para ler o artigo na íntegra, clique AQUI