Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Amorim Turismo processa Oxy Capital em €2 milhões

Ação diz respeito ao hotel Lake Resort, no Algarve, que a capital de risco tem à venda desde meados do ano passado

A Amorim Turismo avançou com uma ação no tribunal da comarca de Lisboa, há duas semanas, contra a Oxy Capital. A ação está relacionada com a venda do hotel Lake Resort, no Algarve, e com divergências entre acionistas, apurou o Expresso junto de fontes próximas do processo.

Em 2014, a Oxy Capital adquiriu 75% das sub-holdings da Amorim Turismo que controlam os três hotéis Lake Resort, no Algarve, e o Troia Design Hotel (que o grupo adquiriu à Sonae em 2003 e onde se inclui o Casino de Troia), através do fundo Aquarius. A operação surgiu no âmbito da reestruturação da dívida do grupo à banca, então no valor de €200 milhões.

O QUE ESTÁ EM CAUSA. 
Jorge Armindo, presidente 
da Amorim Turismo, avançou com uma ação em tribunal contra a Oxy Capital, que comprou 75% do grupo em 2014. Em causa está a venda em curso do hotel de cinco estrelas Lake Resort, no Algarve, com 192 quartos, 
9 suítes e 95 apartamentos de luxo

O QUE ESTÁ EM CAUSA. 
Jorge Armindo, presidente 
da Amorim Turismo, avançou com uma ação em tribunal contra a Oxy Capital, que comprou 75% do grupo em 2014. Em causa está a venda em curso do hotel de cinco estrelas Lake Resort, no Algarve, com 192 quartos, 
9 suítes e 95 apartamentos de luxo

FOTO TIAGO MIRANDA

Uma das fontes ouvidas pelo Expresso explica que a Amorim Turismo, à semelhança do que costuma acontecer nestes casos, tem direito de preferência e uma palavra a dizer em caso de venda, enquanto acionista minoritário (25%). A divergência terá surgido precisamente neste ponto, havendo “diferentes pontos de vista em relação ao mérito de venda do hotel”, comenta a mesma fonte.

Terá que ser uma de três hipóteses, de acordo com as mesmas fontes: a Amorim Turismo quer vender por um preço mais elevado, quer ficar com o hotel ou não concorda com o proponente à compra, um grupo estrangeiro. Contactadas, nem a Amorim Turismo, nem a Oxy Capital fizeram qualquer comentário.

O Lake Resort foi o primeiro projeto hoteleiro do grupo Amorim Turismo, inaugurado em 2005, composto por 192 quartos e 95 apartamentos de luxo. Representou um investimento de €60 milhões.