Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

BCP ‘pisca o olho’ aos turistas chineses em Portugal

Em Portugal, entre 2013 e 2016, o número de turistas chineses quase duplicou, para 183 mil

Marcos Borga

Banco liderado por Nuno Amado fecha parceria com a plataforma de pagamento digital chinesa Alipay, operada por uma empresa da Alibaba

O Millennium BCP e a Alipay, a maior plataforma chinesa de pagamento digital, vão cooperar no mercado português para facilitar transações digitais entre turistas chineses e comerciantes portugueses.

A Alipay, operada pelo grupo Ant Financial Services (empresa da Alibaba), e o banco liderado por Nuno Amado, cujo maior acionista é a Fosun (com 25,16%), vão lançar os pagamentos Alipay nas lojas físicas.

O objetivo é facilitar os pagamentos digitais a turistas chineses que não queiram pagar com dinheiro físico, diz o banco em comunicado. Para os comerciantes, a app Alipay é uma oportunidade de aproximação aos turistas chineses que visitam Portugal, um número que no ano passado alcançou os 200 mil, segundo dados do Turismo de Portugal.

O acordo “combina a experiência de pagamento online e mobile da Alipay com as capacidades e conhecimento do sistema bancários nacional e internacional do Millennium BCP, atingindo objetivos comuns e providenciando inovação e serviços diferenciadores aos seus clientes”, explica o banco. BCP e a Alipay vão continuar a procurar “novas formas de colaboração, tanto em pagamentos online e e-commerce como em serviços para empresas e clientes portugueses e chineses”.

O memorando de entendimento foi assinado a 22 de março em Hangzhou, na China, pelo vice-presidente do banco privado português, João Nuno Palma, e pela responsável pela equipa de globalização da Alibaba, Angel Zhao.