Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Portugal coloca €1340 milhões em dívida de curto prazo pagando juros negativos

O Tesouro português regressou esta quarta-feira a leilões de dívida a seis e 12 meses emitindo abaixo do limite máximo de €1500 euros que pretendia, mas continuou a pagar taxas negativas aos investidores

Portugal regressou esta quarta-feira aos mercados de dívida colocando Bilhetes do Tesouro a seis e 12 meses continuando a pagar taxas negativas.

O Tesouro emitiu dívida de curto prazo num total de €1340 milhões, abaixo do limite máximo de €1500 euros que pretendia. A procura pelos investidores foi elevada, de quase três vezes o emitido no prazo mais baixo e de mais do dobro no prazo a um ano.

A seis meses, com vencimento em setembro de 2018, colocou €350 milhões pagando uma taxa de -0,424%, acima de -0,425% pago em janeiro num leilão a seis meses com vencimento em julho de 2018. A 12 meses, o Tesouro colocou €990 milhões com vencimento em março de 2019, pagando uma taxa de -0,394%, abaixo de -0,393% pago em fevereiro num leilão a 12 meses com vencimento em janeiro de 2019.