Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Há mais uma tecnológica a inaugurar um centro de desenvolvimento em Portugal

António Pedro Ferreira

Bragança foi a cidade escolhida pela ROFF para instalar o terceiro centro de desenvolvimento de software. Em três anos, a empresa do grupo francês Gfi quer chegar aos 30 profissionais naquele centro

Arrancou no final de 2017, mas só esta terça-feira foi anunciado: o novo centro de desenvolvimento de software da ROFF, empresa do grupo francês Gfi e líder na implementação de soluções de software SAP em Portugal, foi instalado em Bragança e conta já com dez consultores de programação. O objetivo é, no prazo de três anos, triplicar o número de profissionais naquele centro.

“A necessidade de alargar as competências e sustentar o crescimento do negócio justificam a ampliação para mais um centro SAP Development Factory [centro de desenvolvimento de software SAP] em Portugal”, explica o CEO da ROFF, Francisco Febrero.

Os apoios locais (nomeadamente da câmara municipal), as infraestruturas e a proximidade com o Instituto Politécnico de Bragança foram dois fatores que levaram a ROFF a escolher esta cidade.

A empresa acredita que este polo será “um importante contributo para o desenvolvimento local, à semelhança da Covilhã [onde a empresa já tem um polo], apoiando a fixação de jovens nesta região do interior”, realça Francisco Febrero.

A Covilhã é a sede do SAP Development Factory, que tem também centros de desenvolvimento e produção de software em Lisboa, Bragança, Brasil e México, em regime de prestação de serviços de nearshoring. Lisboa (inaugurado em 2007), Covilhã (2009) e Bragança prestam serviços de planeamento, construção e implementação de aplicações.

O centro de Bragança é responsável pelo desenvolvimento remoto de 68 clientes, dos quais cerca de 70% estão fora de Portugal.