Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Faltam 67 mil profissionais aos exportadores nacionais

O sector do calçado é dos exportadores que enfrentam dificuldades de contratação

Octávio Passos

Metalurgia, têxteis, calçado, turismo, moldes e componentes da indústria automóvel têm dificuldade em contratar

Catia Mateus

Catia Mateus

Jornalista

Em janeiro deste ano, as exportações nacionais cresceram 9,6% em termos homólogos, segundo os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE). Uma variação positiva muito sustentada na dinâmica de indústrias como a da metalurgia e metalomecânica, têxteis, calçado, moldes, turismo ou dos componentes para a indústria automóvel. Mas esta dinâmica pode ser travada por um fator: a escassez de profissionais qualificados que afeta estas indústrias. O Expresso realizou uma ronda por estes seis sectores, que estão entre os líderes das exportações nacionais, e apurou que faltam, pelo menos, 67 mil profissionais qualificados. E o cenário tende a agravar-se.

Leia mais na edição deste sábado do Expresso.