Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Mão-de-obra. Custos em Portugal crescem acima da média europeia

No custo da mão-de-obra por hora, a zona euro está nos 1,5% , a UE28 atinge os 2,3% e Portugal duplica este valor

Os custos horários da mão-de-obra em Portugal estão a crescer mais em Portugal do que no resto da Europa. No último trimestre do ano passado, este indicador cresceu 1,5% na zona euro, 2,3% em toda a União Europeia e 4,7% em Portugal face a período homólogo, anunciou hoje o Eurostat.

O gabinete de estatística da UE mostra que o quadro em Portugal é de subida em termos homólogos e na comparação com o trimestre anterior. Na análise da variação em cadeia, os custos da mão-de obra por hora mantiveram uma subida percentual idêntica na zona euro e na UE 28 (1,6% e 2,2%, respetivamente). Portugal, no entanto, tinha registado uma descida de 0,9% entre julho e setembro.

No final do ano passado, as subidas aunais mais acentuadas registaram-se na Roménia (14,3%) e Bulgária (12,2%). Na Finlândia, registou-se uma descida (-0,7%),deste indicador, que combina custos salariais e não salariais.