Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Parceiros sociais e Governo discutem salário mínimo

getty

A reunião decorre esta tarde, em Lisboa. Para além do salário mínimo, de 580 euros - e que abrange 713,2 mil pessoas - será igualmente discutida política de formação profissional

Os parceiros sociais e o Governo reúnem-se hoje à tarde na concertação social, em Lisboa, para discutir o relatório de acompanhamento sobre a evolução do salário mínimo e o tema da formação profissional.

De acordo com o último relatório sobre o salário mínimo nacional (SMN), cujo valor é de 580 euros, mais de um quinto dos trabalhadores em Portugal recebia esta remuneração no final do terceiro trimestre de 2017, totalizando 713,2 mil pessoas.

O número revelava um aumento de 9,4% face ao mesmo período do ano passado, representando um peso relativo de 21,6% no total de empregados.

Além do salário mínimo, os parceiros sociais retomam a discussão sobre formação profissional e em cima da mesa estará o documento do Ministério do Trabalho enviado às confederações patronais e centrais sindicais há cerca de duas semanas.