Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Dívida da EDP cai para o valor mais baixo da última década

Luis Barra

Grupo já baixou em 24% o seu endividamento face ao pico histórico de 18,2 milhões milhões de euros, registado em 2012. Agora a dívida da EDP está nos 13,9 mil milhões

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A EDP baixou a sua dívida líquida para 13,9 milhões de euros em Dezembro de 2017, o nível mais baixo da última década, em linha com o nível de endividamento que o grupo tinha em 2008.

Em relação a 2016 a dívida da EDP desceu 13%. Face ao máximo histórico de 18,2 mil milhões de euros, registado em 2012, a dívida caiu 24%, anunciou a empresa esta quinta feira.

Na apresentação de resultados anuais o presidente da EDP, António Mexia, realçou que "o processo de desalavancagem tem sido um dos pilares da estratégia do grupo".

A dívida passou a representar 3,7 vezes o EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações), o rácio mais baixo dos últimos 10 anos.

Para esta redução contribuiu, em grande medida, o encaixe da venda da Naturgas, em Espanha.